É na estrada que liga Fátima à Batalha, que podemos encontrar aquele que é considerado, por muitos, o melhor sítio para comer bacalhau. A Portugal em Destaque esteve nas instalações, num local característico e decorado em conformidade com o que a região oferece e é pelas palavras dos irmãos Sandra e Paulo Anastácio, responsáveis pelo espaço, que agora lhe apresentamos o Restaurante Pérola do Fétal.

Foi há 16 anos, em 2000, que os irmãos Anastácio, juntamente com os pais, se aventuraram na área da restauração: “A ideia foi do meu pai. Eu estava emigrado na Alemanha e muita gente dizia: ‘És de Fátima e cada vez que lá vou não encontro um restaurante de jeito’. O meu pai tinha um tio que tinha um restaurante em Vila Franca de Xira e eu quando vinha de férias a Portugal gostava de ir para lá ajudar. Então, após essas conversas que ouvia na Alemanha, decidi avançar com o negócio”, começou por explicar Paulo, ao que a sua irmã, Sandra, acrescentou: “Estivemos sempre à frente, com os nossos pais. A minha mãe também foi uma grande impulsionadora no que dizia respeito à cozinha. Era ela que aparecia e dava a cara em muitos programas de televisão e isso ajudou muito a divulgar a casa”.

As especialidades da casa são o Bacalhau e o Polvo, mas, para além disso, destacam-se outras iguarias: “Como pratos de referência, para além do Bacalhau, temos o Polvo à Lagareiro. Ao fim de semana temos Cabrito, temos Borrego grelhado, temos a Posta à Maronesa. Temos ainda Coxas de Pato com arroz, que foi o que saiu na Boa Cama, Boa Mesa e temos Lombinho de Porco com Alheira de Caça. O nosso conceito assenta na ideia da cozinha tradicional portuguesa, só que um pouco mais elaborada. Nada de gourmet, mas mais elaborada e com produtos de qualidade. Há que salientar que os nossos produtos são da região. Usamos azeite da região de Fátima, por exemplo. Em termos de vinhos, temos uma carta muito extensa. Fazemos sempre um aconselhamento ao cliente e um atendimento personalizado. Muitos turistas brasileiros que até correm a Europa referem que foi dos melhores bacalhaus que comeram”, evidenciou Paulo.

O espaço conta com duas salas, uma com capacidade para cerca de 70 pessoas e outra com capacidade para cerca de 150. Destacam-se, ainda: uma casa de banho com acesso para deficientes, parque infantil, jardim e um grande parque de estacionamento. Durante a entrevista, Paulo Anastácio, enumerou as vantagens e as desvantagens da localização do seu restaurante: “O facto de estarmos aqui situados tem vantagens e desvantagens. Em termos de vantagens, a localização é boa para eventos. Estamos num sítio muito perto de Fátima e temos quatro monumentos que são património da humanidade num raio de 50km. Ou seja estamos perto da Batalha, de Tomar, de Alcobaça e de Óbidos. Em termos de desvantagens, se estivéssemos dentro da vila, mais perto da Batalha e de Fátima, secalhar teríamos outro movimento no final do dia. As pessoas que estão em hotéis têm alguma dificuldade para se deslocarem há noite”, referenciou.

Conhecido nacional e internacionalmente, o Restaurante Pérola do Fétal, é visitado e elogiado além-fronteiras e são muitas as pessoas que por lá passam durante o ano: “Na época alta temos uma média de 150 pessoas por dia. A verdade é que notamos que já somos reconhecidos porque há muitas pessoas que vêm referenciadas por outros que cá estiveram”, frisou o empresário orgulhoso.

Durante a entrevista, e abordando os atuais constrangimentos ao setor da restauração, Paulo perspetivou uma falsa acalmia resultante da descida do IVA: “A maior dificuldade que tínhamos neste setor era a questão do IVA, que já foi resolvida. Falando por mim, há um aspeto positivo porque em vez de baixar os preços, vou melhorar ainda mais a qualidade. Mas penso que com a redução do IVA vamos voltar um bocadinho ao panorama de há 15 anos, onde qualquer pessoa com um fogão abria um restaurante”.

Especializado e devidamente preparado para a organização de eventos, o Restaurante Pérola do Fétal, já tem bastantes agendamentos para o corrente ano: “Temos muitos eventos marcados para este ano, desde batizados e aniversários a reuniões de empresas. Trabalhamos muito com o Hotel da Batalha e quando uma empresa está lá a fazer workshops, conferências ou congressos, fazem uma refeição no Hotel e uma aqui”, garantiu o nosso entrevistado.

Contando com seis funcionários e aberto todos os dias, exceto ao domingo e à segunda-feira à noite, o Restaurante Pérola do Fétal já foi reconhecido e prestigiado com diversos galardões: “Durante seis/sete anos representámos o concelho da Batalha em feiras de gastronomia. Ganhámos vários prémios e vários certificados ao representar a Batalha. Também fomos finalistas do concurso da Revolta do Bacalhau, organizado pela MasterChef, em 2008, com a receita que se mantém até hoje. E, atualmente, somos convidados com frequência para participar em feiras e eventos mas o trabalho é muito e não temos disponibilidade para participar”, referiu.
Em final de conversa, ficou o convite aos nossos leitores: “Venham visitar-nos. Aqui come-se bem e há boa comida. Aproveitem, também, para dar uma volta às redondezas, porque é uma zona muito bonita para se visitar”, finalizou Sandra Anastácio.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone