Almancil está inserido no Triângulo Dourado algarvio e constitui uma região turística de excelência que privilegia o desporto. Alex e Ana Moroz chegaram a Portugal em 2002 e cedo enveredaram pela construção de campos de ténis e superfícies desportivas. A vasta experiência, a qualidade dos materiais e a inovação dos métodos de trabalho só poderia conduzir esta empresa ao sucesso e a um portfólio que conta com mais de 200 campos de ténis de referência.

As circunstâncias da vida trouxeram Ana e Alex Moroz até Portugal. Deixaram o seu país de origem, a Roménia e colocaram mãos à obra. O trabalho na área da construção levou Alex a iniciar-se em voos mais altos e foi na construção de campos de ténis que se destacou. Após alguns anos e uma vasta experiência acumulada, decidiu abrir a sua própria empresa, em conjunto com a esposa. Em 2014 é fundada a Algarv Tennis, dedicando-se essencialmente à construção de superfícies desportivas. Depressa perceberam que tinham condições para alargar a atividade e implementaram serviços complementares como a reparação e manutenção de pisos, a instalação de relva sintética para jardins e áreas de lazer e ainda sistemas de iluminação. Tudo o que esteja ligado ao espaço desportivo, mesmo trabalhos de fundo que envolvem escavações, muros ou vedações e bancadas, é assegurado pela equipa especializada e liderada pelo gerente e “motor” da empresa, Alex Moroz.

A Algarv Tennis tem uma dimensão pequena mas presta um serviço de excelência e, por isso, tornou-se já uma referência. Apesar de Almancil ser uma zona com vários campos de ténis e estruturas desportivas, as superfícies variam e são adequadas ao gosto do cliente. “Os campos de ténis podem ser acabados em resina acrílica, que são os mais procurados pelos profissionais, mas também podem ser feitos em relva artificial, com enchimento de areia sílica. Também fazemos campos em terra batida natural que requerem uma manutenção mais delicada, principalmente na região do Algarve. Temos apostado na construção de campos de ténis em relva artificial especial que leva uma areia queimada, da mesma cor do tijolo. Apesar de ser relva, a sensação que o jogador tem é que está a jogar ténis num campo em terra batida. É uma inovação e não exige tanta manutenção, uma excelente opção para quem gosta mesmo deste deporto e de jogar em terra batida”, começa por explicar a diretora de serviços, Ana Moroz.

A variedade é mais do que muita e a inovação nos métodos e superfícies nunca fica para trás. A Algarv Tennis já construiu mais de 200 campos de ténis mas os mais requisitados continuam a ser em relva artificial e em resina acrílica. Os projetos, sempre com soluções à medida do cliente, estão concentrados no Algarve mas a equipa já rumou ao Porto, Alentejo e Sul de Espanha. Além da experiência, também a carteira de clientes é vasta, composta por cerca de 2400 fregueses. O turismo tem potenciado a construção e os principais clientes são residentes estrangeiros que optam por esta via para aproveitar terrenos e rentabilizar, uma vez que os campos de ténis constituem uma mais-valia na valorização da habitação. Hotéis, resorts e clubes de ténis também procuram os seus serviços, seja para construção nova, reparação ou manutenção e até trabalhos de criação, entre eles destacam-se o Clube de Ténis do Carvoeiro e o Vila Vita.

“O que nos diferencia é a qualidade do produto, desde a conceção até ao projeto final. Privilegiamos um serviço e acabamento de excelência, utilizando apenas produtos com certificação da Federação Internacional de Ténis. Temos uma equipa formada que tem o cuidado de aplicar bem os produtos e respeitar os prazos”, completa. O acompanhamento e manutenção após o serviço é uma condição essencial e assegura uma relação próxima e de confiança.

O portfólio já é extenso mas a Algarv Tennis não pretende ficar por aqui. A aposta nos campos de golf em relva sintética é recente e a procura pela melhor solução, adequada às realidades do meio é um objetivo de futuro.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone