A Chiorino nasceu em Itália, há 113 anos e está presente em Portugal há sete anos. Líder mundial em correias de transmissão e transporte, muito utilizadas nos setores da indústria têxtil, papeleira, impressão, litografia, logística e manutenção geral. O gerente da Chiorino Ibérica, Carles Bartomeus, contou à Portugal em Destaque a razão para a longevidade da empresa italiana, bem como a razão pela qual as correias Chiorino são líderes no seu segmento.

Como, quando e por iniciativa de quem surge a Chiorino Portugal?

A Chiorino Portugal foi constituída em 2012, com o objetivo de estar presente fisicamente no nosso país. Nessa altura, o produto Chiorino já estava implantado a nível nacional, há mais de três décadas, através de um distribuidor. Aliás, foi por incorporação da maioria dos ativos desse distribuidor que se iniciou a atividade desta empresa em Portugal.

O que faz da Chiorino a líder mundial na produção de correias de transporte e correias de processo?

A Chiorino foi fundada em 1906, em Itália e atualmente, após 113 anos de existência é dirigida pela quarta geração da família. Presentemente, o Grupo Chiorino dispõe de 21 filiais próprias, distribuídas pelos cinco continentes. Conta com mais de 1.200 trabalhadores em todo o mundo e trabalha com mais de 60 distribuidores a nível mundial. Oferece, a partir das suas filiais, um serviço de instalação de 24 horas, a todos os seus clientes espalhados pelos cinco continentes. É por tudo isto a empresa mais antiga do mercado mundial de produção de correias transportadoras e de transmissão, bem como líder mundial neste setor.

Porquê este setor de atividade?

Aquando da sua fundação em Itália, a Chiorino iniciou a sua atividade na indústria têxtil, fabricando correias para as unidades fabris localizadas na região italiana de Piemonte, mais concretamente em Biella. Na altura, abundava a lã de ovelha nesta região e era por isso que aí que se encontrava a maior parte das indústrias têxteis mais importantes de Itália. Alguns anos mais tarde, fruto da diversificação do negócio, começaram a ser aplicadas correias em todo o tipo de indústria, desde a indústria papeleira, transformação de cartão e papel, impressão, litografia até à distribuição logística e manutenção geral. Exemplos disso são os armazéns inteligentes de conhecidas plataformas logísticas, de referência mundial.

O que distingue as correias transportadoras e as correias de transmissão Chiorino das restantes existentes no mercado?

As correias de transmissão e transporte Chiorino destacam-se pela sua qualidade e eficiência, uma vez que aliam cada vez mais um baixo consumo energético e uma maior durabilidade. Destacamos ainda a especificidade da nossa gama de correias para a indústria têxtil, papel e cartão, bem como para a indústria alimentar, onde a Chiorino conta com vários produtos patenteados, que visam sempre a máxima eficiência e higiene, rentabilizando o investimento do cliente.

Quais os mercados com que trabalham e o que caracteriza o cliente que procura a Chiorino?

Conforme já fui adiantando ao longo desta entrevista, a Chiorino tem presença mundial. Especificamente falando, no caso da Chiorino Portugal, para além do mercado nacional, existe um volume importante de transações com Espanha, Roménia, Hungria, França, Costa Rica, África do Sul e Austrália. O cliente que procura a Chiorino tem necessidade de uma garantia de qualidade, mas também procura uma maior eficiência e rentabilidade e valoriza o serviço globalmente oferecido, que inclui a montagem e assistência técnica 24 horas.

Na produção de soluções procuram desenvolver produtos ecologicamente eficientes? Porquê?

Como forma de estar sempre um passo à frente no mercado, a Chiorino sempre apostou na inovação, investigando junto com os seus clientes, com o objetivo de produzir artigos mais eficientes e sustentáveis e que contribuam para a preservação do meio ambiente. Há uma preocupação permanente de desenvolver produtos de elevada qualidade, com preços competitivos, oferecendo todas as garantias de certificação UE, como por exemplo na indústria alimentar, com certificação FDA, HACCP e USDA, para além de ISSO 9000, entre outras.

Qual o segredo da longevidade da Chiorino?

A empresa mãe do Grupo Chiorino – a Chiorino SPA (Biella) – fabrica todos os seus artigos em Itália, sendo assim o único centro de produção. A partir de Itália, distribui às suas filiais e distribuidores oficiais, que através da sua estrutura e recursos, manipulam, transformam e apresentam um produto à medida de cada cliente, como se de um alfaiate dedicado se tratasse. No caso em concreto da Chiorino Portugal, são oferecidas soluções para todos os setores industriais e de distribuição logística, com um serviço complementar de aplicação das correias e telas nas próprias instalações dos clientes, com serviço de empalmes 24 horas.

Quantos colaboradores tem e que características deve possuir um colaborador da Chiorino?

A Chiorino Portugal tem uma estrutura constituída por 20 pessoas, distribuídas entre a sua sede, em Alfena, e a sua delegação de Lisboa. Um colaborador da Chiorino deve possuir como características essenciais a polivalência e a disponibilidade para melhorar permanentemente, em linha com as orientações estratégicas do Grupo Chiorino.

Objetivos e ambições para o futuro?

No negócio de correias e telas transportadoras, estimamos uma projeção crescente, de ano para ano. Por essa razão, no final deste ano, a Chiorino Portugal inaugurará umas novas instalações de 1.500 m2, na Zona Industrial de Alfena, com um investimento em instalações e máquinas superior a 600.000 euros. Acreditamos que este investimento contribuirá para elevar a um nível superior a eficiência e o serviço prestado, em resposta à crescente exigência do mercado português.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone