Nesta edição da revista Portugal em Destaque fomos conhecer a Dinefer, uma empresa com mais de três décadas de atividade. Durante a visita à empresa albicastrense percebemos todo o processo de conceção, desenvolvimento e fabrico das mesas de teste destinadas aos principais grupos da indústria automóvel. Ter uma abrangência global e mudar de instalações são os projetos a curto prazo para o futuro.

Fundada em 1988, a Dinefer é uma empresa vocacionada para o fabrico e comercialização de mesas de controlo para a indústria automóvel. Com equipamentos espalhados por todo o mundo, a empresa distingue-se pelo elevado know-how, que permitiu desde cedo a internacionalização para outros mercados. Sediada em Castelo Branco, a Dinefer prima pela qualidade do produto e por acrescentar valor aos seus clientes.

“A empresa nasceu devido à instalação da Delphi em Castelo Branco, em finais da década de 80. Este é um belo exemplo no que toca à atração de investimento para um concelho, que não se resume à instalação do grupo em si. Numa primeira fase a Dinefer tinha apenas quatro colaboradores e desenvolvia um produto bastante simples”, recorda o administrador.

Com o passar dos anos a empresa foi evoluindo, procurando novos produtos e novos mercados, que a fizeram subir na cadeia de valor. Assim, em apenas dois anos, a Dinefer começou a desenvolver e a fornecer à Delphi da Guarda a primeira mesa de teste integral.

A partir desse momento, a expansão da empresa no Mundo foi exponencial, iniciando o processo de internacionalização em meados da década de 90, devido à necessidade premente de chegar a novos mercados.

“Atualmente temos produção na Tunísia, em Marrocos e na Eslováquia, bem como equipas de suporte técnico por toda a Europa. Paralelamente temos ainda espaços técnicos na Índia e na Roménia, que fazem alguns projetos de integração nesses locais. Mais recentemente, tivemos uma experiência no mercado brasileiro, a qual já terminou”, sublinha João Pedro Conceição e acrescenta: “Neste momento estamos a consolidar a nossa estratégia interna e a preparar a nossa abordagem futura para novos mercados externos”.

 

A origem do sucesso

Ao longo da visita à Dinefer percebemos que a força de trabalho diversificada e especializada faz desta empresa um verdadeiro caso de sucesso.

Aqui desenvolve-se toda a pesquisa, prototipagem e integração de todas as capacidades inovadoras aproveitando as tecnologias existentes e focando o design nas intenções do cliente, procurando as melhores soluções.

Hoje, a empresa está posicionada como fabricante de mesas de controlo, módulos de controlo, e ainda, produtos e soluções de engenharia desenvolvidos por encomenda.

“Numa primeira fase recebemos a cablagem do nosso cliente, cuja função no automóvel é a de garantir a correta conexão e alimentação dos vários componentes elétricos e eletrónicos presentes num veículo automóvel. Depois a partir de um processo rigoroso e controlado, fabricamos e fornecemos as mesas de teste para os nossos clientes validarem, verificarem e testarem o produto deles”, explica João Pedro Conceição e continua: “Basicamente a mesa confirma se os circuitos estão devidamente conectados nos módulos certos, o que se denomina de malha elétrica. Por outro lado, existe uma outra componente cada vez mais complexa destinada a testar e/ou verificar a integridade de algumas características da cablagem e/ou dos respetivos conectores – teste de estanquicidade, presença de elementos especiais, garantia da força de fecho de travões, entre outros”.

Os formatos das mesas podem ser standard, ou desenvolvidos à medida do cliente, demorando entre quatro a seis semanas de execução, tendo em conta a dimensão ou a complexidade do projeto de engenharia. “Idealizamos o layout possível e ergonómico, a pedido do cliente para facilitar o manuseamento. Tudo isto está ainda condicionado com o grau de conhecimento do projeto, porque muitas vezes temos de construir os módulos do zero”, completa. No que diz respeito às mesas de teste destinadas aos veículos elétricos, estas têm ainda um grau de complexidade e atenção mais elevado, devido à necessidade de utilizar tensões de teste que podem ir até 2000V.

Todos os módulos são testados e validados durante um processo minucioso que passa por várias fases de produção. A excelência e a fiabilidade são características intrínsecas da empresa, que através de um sistema informático feito à medida, consegue controlar e gerir o projeto em todos os quadrantes e para todo o grupo, a partir de Castelo Branco.

Há cerca de seis anos a Dinefer iniciou uma nova vertente, vocacionada para o desenvolvimento de projetos especiais na área da engenharia, procurando soluções à medida para diferentes problemas. “Queremos acima de tudo diversificar a nossa área de atividade e aumentar o leque de clientes a longo prazo, dinamizando uma vertente com elevado potencial de crescimento”, assegura o administrador.

Com uma equipa composta por 100 colaboradores, a formação é complementada internamente, permitindo ter um grupo de trabalho experiente e que acompanha o processo completo desde o fabrico das diferentes peças à entrega do equipamento ao cliente.

Um Futuro Promissor

Embora a interioridade não seja um problema para a Dinefer, João Pedro Conceição reconhece a dificuldade na fixação de pessoas especializadas, que estejam familiarizadas com esta área de atividade.

Com o objetivo de continuar a apresentar soluções de valor acrescentado e que são uma mais-valia para cada cliente, a Dinefer está a terminar as novas instalações, que irão melhorar as condições de trabalho, permitir o crescimento desejado e, ao mesmo tempo, proporcionar a criação de um cais destinado às cargas e descargas de modo a que as atividades logísticas associadas à atividade se adequem à realidade atual e futura.

“Queremos ainda crescer de forma articulada em Portugal assim como nas subsidiárias, consolidando o mercado Europeu e Norte de África, para posteriormente podermos equacionar outros mercados. Claro que tudo isto depende da estabilidade política e económica mundial e das suas constantes mutações”, termina o administrador.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone