Em 2004 surge, em Matosinhos, o Restaurante O Valentim, que mais tarde e depois de uma intervenção de requalificação, deu lugar ao renovado restaurante com o mesmo nome, um Hotel e um Lounge Bar com maravilhosas e desafogadas vistas sobre o Oceano Atlântico, Porto de Leixões e o novo Terminal de Cruzeiros. Fica a entrevista a Rui Sousa Dias, CEO do Grupo O Valentim.

 

O Valentim na Rua Heróis de França

Tudo começou com um pequeno restaurante, com apenas 40 lugares, na Rua Heróis de França. A evolução foi acontecendo naturalmente e de forma sustentada. A necessidade de alargar o restaurante e a oferta de serviços era premente: o número de restaurantes nesta zona era menor, os restaurantes estavam sempre cheios, os turistas reconheciam esta zona como a melhor para comer peixe fresco e de elevada qualidade. A proximidade com o porto de pesca e o aumento da procura por restaurantes de peixe também pesaram bastante na decisão de investirmos e de nos afirmarmos nesta zona de Matosinhos. Começámos rapidamente a pensar no projeto de alargamento do nosso pequeno restaurante. Estávamos no prédio da esquina, comprámos o prédio ao lado e fomos maturando o projeto que tinha desenhado para o Grupo O Valentim. Em 2012, tinha o projeto de ampliação pronto e aprovado, e foi quando demos início a obras profundas de remodelação que ficaram concluídas em 2013. Demolimos completamente os dois edifícios por dentro, só ficaram as paredes exteriores, e construímos um edifício novo dentro das antigas fachadas, altura em que durante o período de encerramento, convidamos os nossos clientes a frequentar o nosso outro restaurante, o Dom Peixe, que fica na mesma rua, dez metros ao lado. Aqui também a prioridade é a excelente qualidade da matéria-prima e um grande cuidado na forma como acolhemos os clientes.

Do projeto à realidade

Decidimos manter o restaurante na parte de baixo, com uma cozinha e salas maiores e a atraente montra de peixes. Inicialmente, ponderámos dividir a parte de cima em apartamentos, mas a área disponível não nos deixava muita margem para apostar num formato de Hostel ou de Alojamento Local. Entendemos que a melhor opção passaria por fazer um hotel privilegiando a qualidade, o conforto e proximidade com os nossos hóspedes. Tem uma receção que funciona 24 horas por dia,  10 quartos, sendo que sete são suítes, aos quais atribuimos um patamar de preço bem ponderado, de forma a que fosse atraente para os nossos hóspedes e autossustentável. Na parte de cima do hotel temos um espaço amplo denominado O Valentim Terrace, que abre das 7 às 10 horas para servir os pequenos almoços aos nossos hóspedes. Servimos refeições durante a hora de almoço/jantar e funciona como área de estar durante a tarde. À noite transforma-se num lounge bar, com música ambiente. Vamos percebendo as oportunidades, agarramo-las e transformamo-las em realidade. Os clientes procuram-nos pela qualidade do restaurante, pelo peixe fresco e forma como o preparamos e nós brindamo-los com um leque de serviços diferenciador.

A Gastronomia, a hotelaria e as viagens

Dentro do grupo temos, para além da atividade principal que são os restaurantes e o hotel, associada uma dinâmica de animação turística, com a By The Norte através da qual propomos aos nossos clientes tours dentro do concelho de Matosinhos, na área do Grande Porto e para o norte do país. Como temos um hotel pequeno também recebemos grupos dessa dimensão, permitindo-nos oferecer um serviço turístico mais personalizado e à medida dos nossos clientes. Esta vertente assenta nas áreas histórica, paisagística e arquitetónica, bem como na gastronómica e agroalimentar. Por exemplo, numa visita ao Douro fazemos as visitas às quintas de viticultura e/ou de azeite, ou seja, conjugamos toda a nossa génese, o nosso ADN, de forma a potenciar o turismo em todas as suas vertentes. O setor do turismo está em franco crescimento e ajudou Portugal a ultrapassar as dificuldades económicas de anos menos favoráveis. Adotamos, desde há muito tempo, a filosofia do alfaiate: fazemos pacotes à medida. O nosso público responde com muita aceitação aos pacotes propostos e faz-nos acreditar que estamos a enveredar pelo caminho certo. Como temos um hotel com dez quartos, conseguimos tratar os hóspedes pelo nome e estendemos esta forma de estar a todos os serviços que oferecemos desde o quarto do hotel, à refeição num dos nossos restaurantes, nos pacotes de viagens que desenhamos e na escolha dos artigos que temos na loja de recordações Matosinhos City.

Matosinhos, restaurante de peixe e de marisco

Temos a felicidade de estar num local onde a qualidade da matéria prima é muito boa e toda a dinâmica de preparação do peixe é muito diferente da maior parte dos países do mundo. A minha atividade anterior permitia-me viajar pelo mundo e posso afirmar que não se encontra este tipo de preparação em parte nenhuma. Felizmente que Matosinhos é, cada vez mais, entendido como uma parte da metrópole do Grande Porto e assume-se como a sua sala de jantar. Na cidade do Porto existem ofertas para todos os gostos e tipo de cozinha, mas em Matosinhos existem vários fatores diferenciadores como a garantia de frescura do peixe e do marisco. Quem aprecia bom peixe e marisco tem de vir a Matosinhos. Como uma grande parte dos nossos clientes são estrangeiros estabelecemos parcerias com vários hotéis e temos tido um feedback muito positivo da parte dos clientes e de quem nos indicou. Recebemos com frequência chamadas a agradecer a forma como acolhemos e servimos os clientes de determinado hotel. São parcerias win-win. Presido à Associação dos Restaurantes de Matosinhos e tenho noção do quão importante é dinamizar o concelho de Matosinhos. Tenho a pretensão de tornar Matosinhos na capital gastronómica do Mar e de ajudar a que a Câmara leve cada vez mais longe a marca ‘World’s Best Fish’ porque, efetivamente, temos o melhor peixe do mundo.

Futuro do Grupo O Valentim

O futuro do grupo passará, seguramente, por após conseguir estabilizar e organizar as atividades já existentes, começar a preparar o meu afastamento, esperando que quem me suceder dê continuidade a este projeto com o mesmo entusiasmo e brio que imprimi ao longo destes anos.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone