Nesta edição da Portugal em Destaque damos-lhe a conhecer a Joaquim das Rações. Sediada na Rua das Agroalimentares, nº. 11, a empresa que se dedica à comercialização de rações, foi fundada por Joaquim Domingos Caeiro e foi com ele que estivemos à conversa aquando da nossa visita às suas instalações.

Joaquim Domingos Caeiro é o rosto por detrás da empresa que hoje lhe apresentamos. Corriqueiramente conhecido como ‘Joaquim da Rações’, o empresário bejense faz da comercialização de rações a sua área de atividade, há mais de 30 anos. Com um percurso profissional marcado pela passagem em empresas do setor, Joaquim embarcou na aventura de criar o seu próprio negócio em 2007, abrindo as portas de mais uma empresa de referência no Baixo Alentejo. Prestes a completar o 12º aniversário, a empresa vem evidenciando um crescimento sustentado, alicerçado na qualidade do serviço prestado. No entanto, o entrevistado confessa que o caminho nem sempre foi fácil de percorrer. Inicialmente a trabalhar sozinho, Joaquim assume que “o início da empresa foi o período mais difícil”. Hoje é diferente. A Joaquim das Rações conta com a colaboração dos dois irmãos do empresário, que, em parceria com Joaquim, têm levado a empresa familiar a bom porto.

De Beja para todo o Alentejo e Algarve
A Joaquim das Rações encontra na comercialização de rações para todo o tipo de animais o seu core business. “Temos produtos para todos os tipos de animais e trabalhamos com marcas conceituadas no mercado”, assume, com satisfação, o interlocutor. Os grandes produtores de gado, sobretudo do Baixo Alentejo representam a maior percentagem de clientes da empresa, embora “o cliente particular, que tem os pintos e os frangos”, também assuma uma percentagem significativa do total de fregueses da empresa alentejana. Com uma frota de distribuição própria, constituída por dois veículos ligeiros e um pesado, a Joaquim das Rações assegura a distribuição por toda a zona de influência geográfica. “A distribuição decorre de acordo com as encomendas, mas, felizmente, o nosso veículo pesado sai todos os dias carregado de encomendas”, conta, com agrado.

“Trabalhamos com marcas conceituadas no mercado”
Para que os níveis de excelência sejam atingidos, Joaquim trabalha, diariamente e em permanência, com marcas conceituadas no mercado nacional, que representam cerca de 90 por cento dos produtos comercializados pela empresa. “Trabalhamos com marcas conceituadas no mercado, como o Grupo Sorgal, as Rações Zêzere e a Nanta. Todas essas empresas fazem bons produtos e se pudesse só trabalhar com marcas portuguesas, trabalhava”, afirma. Joaquim encontra na qualidade dos produtos comercializados e do serviço prestado aos clientes a grande mais-valia da empresa que gere. Com um atendimento personalizado e que vai de encontro às pretensões dos seus clientes a Joaquim das Rações, encontra no fenómeno do ‘passa a palavra’ a sua melhor publicidade. “O trabalho que fazemos é muito bom e, por isso, somos recomendados de clientes para clientes quando vão comprar o gado”.

Para o futuro? Crescer
A solidez da Joaquim das Rações é demonstrada pelos 12 anos de serviço neste setor, que enchem de orgulho toda a equipa. “Têm sido anos de muito trabalho e, por vezes, de muito sacrifício, mas, de momento, somos uma empresa estável. Temos crescido todos os anos e esperamos continuar assim”. Espelho desse crescimento são as instalações que ocupam há cerca de três anos, um pavilhão com maior capacidade que permite à empresa ter maior quantidade de produto em stock. Mas Joaquim não pretende parar por aqui e, em confidência, assume: “está projetada, para este ano, uma área com mais 200 m2 e onde, em princípio, vamos trabalhar com mais dois tipos de produtos”, conclui.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone