Bucelas é a freguesia mais a norte do concelho de Loures, faz fronteira com três concelhos – Vila Franca de Xira, Mafra e Arruda dos Vinhos – e comemorou, no dia 8 de dezembro, 496 anos de passagem a freguesia e 91 anos de elevação a vila. Com 34 km2, a freguesia apresenta-se como um arco-íris de potencialidades que tem na sua ligação ao vinho um dos seus expoentes máximos.

Um dos vinhos mais famosos e internacionalmente conhecidos da região de Lisboa é o Bucelas, um vinho branco, leve e frutado, conseguido através da casta Arinto. Eça de Queirós, William Shakespeare, Charles Dickens e Lord Byron guardavam este vinho único no seu imaginário. 2.200 anos de experiência na cultura de vinho têm um resultado único, pois é aqui em Bucelas que o Arinto tem o seu terroir e um microclima que lhe confere características únicas. Por isso, foi com orgulho que Bucelas recebeu em 2010 a designação de Capital do Arinto, fruto do trabalho da Confraria do Arinto e da Junta de Freguesia de Bucelas.

Promoção e divulgação

Com o objetivo de exaltar a excelência de Bucelas, do seu vinho e dos seus produtos endógenos, a Junta de Freguesia organiza a Festa do Vinho e das Vindimas que se realiza há 32 anos. O certame realiza-se no segundo fim de semana de outubro (salvo em ano de eleições) através da parceria da Junta de Freguesia com a Câmara Municipal de Loures e o movimento associativo, assumindo-se como uma mostra vitivinícola e de produtos regionais que inclui prova de vinhos, artesanato, folclore e um desfile de carros alegóricos, que percorre as ruas da vila evocando o ciclo completo do vinho.

A Junta de Freguesia e o Município criaram também o Arinto & Sabores Saloios, no qual provas comentadas, vinho a copo, degustação de produtos saloios, animação de rua, sushi com Arinto, harmonizações de sabores, conversas sobre vinho e a música são alguns dos ingredientes, refere Élio Matias, presidente da Junta de Freguesia de Bucelas.

Com uma vivência campestre, mas a cinco minutos da cidade de Lisboa, em Bucelas não pode deixar de visitar o Museu do Vinho e da Vinha, o núcleo museológico da Igreja Matriz de Bucelas, o núcleo museológico Luís Serra e o dos Bombeiros Voluntários, bem como os fortes, inseridos na Rota Histórica das Linhas Defensivas de Torres, o Reduto da Ajuda Grande, da Ajuda Pequena e o Forte do Arpim.

Afirmação e Valorização

Élio Matias está à frente dos destinos da Junta de Freguesia de Bucelas pelo segundo mandato consecutivo. 25 anos de movimento associativo e a paixão pela terra que o viu nascer levaram-no a aceitar o convite para encabeçar uma lista, revela o autarca, salientando que “proximidade dá-nos outra sensibilidade para resolver os problemas”. A conquista de duas maiorias absolutas é explicada pelo exercício de políticas inclusivas e abrangentes que vão ao encontro das pessoas. “No concelho de Loures, somos a única freguesia com Bandeira Verde da Eco Freguesias muito por políticas que adotamos, desde a redução de perdas de água à requalificação de espaços verdes de forma a reduzir consumos”, refere o autarca. Trabalhos de requalificação, pavimentações, bem como o reforço do apoio financeiro ao movimento associativo, a disponibilização de aconselhamento jurídico aos fregueses e de uma psicóloga infantil à comunidade são pontos incontornáveis do primeiro ano deste ciclo autárquico.

Com os olhos no futuro

Élio Matias falou do futuro e relembrou os projetos que a freguesia tem pela frente, mostrando-se satisfeito com a aprovação do projeto ValoRio, que vai permitir executar trabalhos de limpeza, desobstrução, restauro ecológico e implementação de corredores ribeirinhos para aproximação da população e dos visitantes ao rio Trancão e ainda com a concretização do percurso pedonal e ciclovia entre a Bemposta e Bucelas. “Espero que este percurso pedonal seja executado ainda neste mandato”, disse Élio Matias, realçando: “acredito que beneficiará a comunidade e tornará Bucelas numa terra muito mais apetecível”.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone