Integrada em plena cidade de Coimbra, Santo António dos Olivais é a maior freguesia da região centro e uma das maiores de Portugal. Apresentando uma dicotomia entre a cidade e o campo, esta freguesia apresenta um vasto e rico património que constitui uma das inúmeras razões para conhecer Santo António dos Olivais. Falamos de uma freguesia viva e dinâmica que muito orgulha Francisco Andrade que, depois de ter cumprido três mandatos de 2001 a 2013, decidiu voltar candidatar-se, conquistando mais uma vez a confiança dos seus concidadãos.

 

Assegurar que Santo António dos Olivais é “uma Freguesia com Vida” é o desafio permanente do atual executivo, liderado por Francisco Andrade. O autarca realça que este lema “não é para ficar apenas no papel” e, nesse sentido, quer continuar a promover atividades que dinamizem a freguesia e que promovam a qualidade de vida e o bem-estar da população. O ano de 2018 tem sido rico em atividades (ver caixa), contemplando um conjunto vasto de iniciativas, que se juntam àquelas que são já uma referência nesta freguesia, onde se destacam as direcionadas à população sénior e que envolvem mais de 400 pessoas (aulas de chi kung, yoga, hidroginástica, coro, teatro e os diversos ateliers). Consciente de que a cultura e o desporto são essenciais à promoção de um envelhecimento ativo e saudável, o autarca dos Olivais quer continuar a assegurar eventos que promovam o convívio e combatam o isolamento, garantindo, ao mesmo tempo, “benefícios a nível psicológico e contribuindo para que os seniores se sintam mais jovens”, sublinha. O reforço da coesão social com apoio aos mais carenciados, com especial atenção aos idosos, com promoção do envelhecimento ativo, garantir a limpeza urbana e a preservação dos espaços públicos, bem como o diálogo permanente com as pessoas, dando exemplo de autarcas que sabem ouvir e agir foram alguns dos compromissos que assumiu quando chegou à liderança da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, juntamente com a sua equipa, “um executivo amigo, coeso e determinado”.

Neste contexto, Francisco Andrade evidenciou o Orçamento Participativo e o Orçamento Participativo Jovem, cada um com uma verba de 10 mil euros, cujo objetivo passa pela promoção de uma maior aproximação das políticas públicas às reais necessidades dos fregueses.

Ao longo deste mandato e, no que concerne ao pelouro da ação social, a Junta de Freguesia tem pautado a sua atuação pelo apoio concreto às famílias em situação de carência, em colaboração com as diferentes instituições sociais, adotando uma postura discreta e reservada. O autarca salientou a campanha “Papel por Alimentos”, a recolha de manuais escolares e brinquedos e a entrega de cabazes de Natal a agregados familiares carenciados, bem como o papel determinante da assistente social e da rede social. A intervenção social da Junta de Freguesia não se esgota por aqui, actuando igualmente na recolha e entrega de vestuário, calçado e mobiliário às famílias mais desfavorecidas, bem como no estabelecimento de parcerias com outras entidades no âmbito da formação e desenvolvimento de acções de educação para saúde. Com os olhos postos no futuro, Francisco Andrade gostava de ter a sua freguesia limpa e com qualidade de vida, sublinhando que este ano tem sido francamente atípico no que diz respeito às condições climatéricas, pese embora o esforço e dedicação dos funcionários da autarquia na limpeza e manutenção dos espaços públicos da freguesia. Por outro lado, pretende criar três parques infantis, um novo cemitério e habitação social e prometeu continuar a trabalhar para que Santo António dos Olivais seja uma freguesia ativa com uma política de proximidade.

 

“Sons, Saberes e Sabores da Lusofonia”

Coimbra teve a oportunidade de viver e apreciar, de 4 a 7 de julho, os “Sons, Saberes e Sabores da Lusofonia”, iniciativa da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais que decorreu nas praças de Cabo Verde e Infante D. Henrique, ao Bairro Norton de Matos. O evento constituiu uma mostra cultural de países unidos pela língua portuguesa, com gastronomia, artesanato, tertúlias e animação musical. No dia 5 de julho, dia comemorativo do 43º aniversário da independência de Cabo Verde, Francisco Andrade teve a honra da visita do Embaixador de Cabo Verde que visitou o património e conheceu a vivência. O sábado ficou marcado pela receção ao corpo diplomático de Angola e aos embaixadores de Cabo Verde e São Tomé e um sarau multicultural que terminou com chave de ouro a iniciativa, que de acordo com Francisco Andrade é para repetir. Por sua vez, Eurico Monteiro, Embaixador de Cabo Verde considerou a iniciativa muito interessante pela ligação estreita entre países e pela manifestação de cultura, por outro lado mostrou-se impressionado com a riqueza histórica e patrimonial da freguesia. A terminar, Eurico Monteiro deu nota da forte vontade em criar uma ligação mais estreita entre a freguesia de Santo António dos Olivais e a sua terra natal, um bairro na cidade da Praia, cujo padroeiro é o Santo António. O embaixador deixou ainda o desejo de criar um intercâmbio, trazendo gente da Cidade da Praia para tomar conhecimento direto com este ambiente onde viveu Santo António, numa lógica de aproximação dos dois territórios.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone