A equipa da Portugal em Destaque apresenta-lhe o gabinete de arquitetura M.A.S.P. – Arquitectura, em Oliveira do Hospital. No decorrer da nossa entrevista, o desenhador projetista Miguel Ângelo Pais e o arquiteto Rúben Alves Ferreira abordaram a sua génese, o futuro do gabinete e avaliaram o mercado em que trabalham.

 

No mercado desde 2008, o gabinete de arquitetura M.A.S.P. ganhou vida pelas mãos do seu fundador, Miguel Ângelo Pais. Desenhador projetista de profissão, ao longo de mais de três décadas, Miguel Ângelo Pais encontrou no know-how e experiência, adquiridos ao longo dos anos, o estímulo necessário para constituir o seu próprio gabinete de arquitetura. Em 2012, o projeto ganhou novo alento com a entrada do jovem e talentoso arquiteto Rúben Alves Ferreira que, desde então, abraça este desafio. Em parceria, Miguel Ângelo Pais e Rúben Alves Ferreira vêm dando cartas no mercado nacional, evidenciado um crescimento sustentado e constante. O M.A.S.P. Arquitectura assume-se, cada vez mais, como um gabinete de referência na região centro do país.
Com apenas uma década, o M.A.S.P. conta já com um vasto portefólio de projetos realizados por todo o país. No leque de projetos constam trabalhos das mais diversas escalas e tipologias, que vão desde a habitação unifamiliar, indústria, passando ainda pela hotelaria e unidades de apoio, nomeadamente IPSS. “Temos um pouco de tudo. Temos remodelação e projetos novos como habitações, alojamentos turísticos, comércios e lares de idosos. Há um misto de projetos”, assume Miguel Ângelo Pais. Na execução dos projetos em carteira, o gabinete conta com a colaboração de arquitetos e engenheiros, bem como de empresas de vários pontos geográficos. Uma colaboração que permite, nas palavras dos entrevistados, “acompanhar o projeto do início ao fim” e garantir a prestação de um serviço completo e que vá de encontro às necessidades de cada cliente. “O futuro passa, cada vez mais, pela criação de sinergias de trabalho. A troca de ideias é muito importante, mas é preciso falar e saber ouvir”, assume o arquiteto Rúben Alves Ferreira.

Desafios a ultrapassar
Aproveitando a entrevista, quisemos saber quais os principais desafios com que os entrevistados se deparam, diariamente, no exercício da sua profissão. Miguel Pais não hesitou ao apontar a falta de abertura e aceitação a novas soluções arquitetónicas, verificada no interior do país, como um dos maiores desafios a ultrapassar. “Aqui no interior, é mais difícil desenvolver projetos diferenciados. Grande parte dos clientes estão muito enraizados com a arquitetura tradicional e ainda não há abertura a novos estilos e soluções construtivas”. Os interlocutores admitem que cabe aos profissionais da área “mudar essa mentalidade”, tendo já dado passos nesse sentido. “Tentamos sempre criar um equilíbrio entre uma arquitetura tradicional e uma arquitetura moderna”, conta o jovem arquiteto, e admite que “ainda há muita resistência por parte dos clientes a novas soluções”, que têm grande dificuldade em aceitar, a maior parte das vezes, as propostas apresentadas. “Por vezes, é muito complicado. No entanto, os clientes estrangeiros, que atualmente investem no interior, têm maior abertura e recetividade para propostas diferentes”.
Miguel Ângelo Pais e Rúben Alves Ferreira reconhecem que o baixo budget destinado ao projeto e obra é, grande parte das vezes, o maior obstáculo na escolha dos materiais de melhor qualidade e durabilidade. “Ao idealizar e desenvolver um projeto, pensamos imediatamente na forma e na organização dos espaços que o compõe, bem como no seu aspeto final. Muitos dos clientes tendem a não se preocupar com o detalhe, e já em obra, optam por escolher materiais mais económicos e sem qualidade, retirando muita da essência idealizada”, afirma Rúben Alves Ferreira.
Os anos de dedicação e trabalho árduo colocam o M.A.S.P. Arquitectura num patamar de qualidade e reconhecimento nacional que Miguel Ângelo Pais e Rúben Alves Ferreira pretendem manter no futuro. Para isso, irão continuar a ser “um gabinete próximo do cliente”, apostando na inovação e a fazer o que melhor sabem: projetar sonhos.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone