Poça da Dona Beija
Poça da Dona Beija

 

1. A Poça da Dona Beija, situada no Vale das Furnas em São Miguel é hoje uma referência de paragem obrigatória para quem visita os Açores. Como surge a ideia de criar este espaço termal associado ao lazer e bem-estar?

A Poça da Dona Beija, também conhecida por “Poça da Juventude” ou “Poça do Paraíso”, faz parte de um conjunto de nascentes férreas e quentes, com temperaturas médias de 39ºC, associadas aos fenómenos de vulcanismo secundário bem evidentes na Caldeira do Vulcão das Furnas.

O espaço é uma dádiva da natureza dos Açores. As suas características naturais apresentaram-se ideais para desenvolver uma oferta de bem-estar, num ambiente tranquilo e imaculado.

Em outubro de 2010, após a obtenção da concessão do espaço termal, no âmbito de um concurso lançado pela Junta de Freguesia de Furnas, foi constituída a empresa Criações Naturais, Lda. com o intuito de explorar a Poça da Dona Beija.

2. Estas piscinas resultam da enorme atividade vulcânica que se verifica no arquipélago açoriano. Em que medida estas águas férreas, que rondam os 39ºC , são uma mais valia em termos de saúde para quem as visita?

A Poça da D. Beija é conhecida pelas suas indicações terapêuticas, pois integra piscinas termais, de águas férreas, com temperaturas médias que rondam os 39ºC. Refira-se que o Instituto de Hidrologia de Lisboa classifica águas termais como aquelas cuja temperatura se regista entre os 35º e os 40ºC.

O termalismo é praticado especialmente no tratamento de doenças reumáticas e metabólicas, problemas respiratórios, digestivos, músculo-esqueléticos, afeções circulatórias, problemas urinários e de pele. Tudo isto aliado a um espaço envolto por natureza, que favorece uma experiência holística de regeneração física, mental e espiritual.

 

3. Uma pequena gruta com sete metros de comprimento e três de largura é um dos pontos mais procurados pelos turistas que visitam a região. Desde que iniciaram atividade verificam cada vez mais procura pelo vosso espaço?

A nascente natural de água quente encontra-se uma dentro da referida gruta. De salientar que esta fornece três piscinas com temperaturas diferentes, uma zona para molhar os pés ou o corpo e ainda a parte da ribeira, que alberga uma comporta removível, proporcionando uma mistura de água quente e fria.

Atualmente, a zona da nascente apresenta uma função exclusivamente didática/pedagógica e explicativa, não sendo possível tomar banho na mesma. No entanto, todos os outros locais encontram-se à disposição dos turistas/clientes, para que possam desfrutar de um excelente banho, numa localização privilegiada.

Neste sentido, tendo em conta a significativa evolução do setor do turismo nos últimos anos, tem-se verificado uma interessante e crescente procura pela Poça da Dona Beija, essencialmente, por parte de estrangeiros.

 

4.A conservação do espaço natural que envolve a Poça da Dona Beija é uma das vossas principais preocupações?

Sim, a conservação do espaço natural que envolve a Poça da Dona Beija é uma das principais e constantes preocupações da empresa Criações Naturais, Lda.

A empresa garante a manutenção/limpeza e conservação de todo espaço, quer seja das piscinas e infraestruturas complementares, como da natureza envolvente, para que a Poça da Dona Beija seja sempre uma atração de excelência.

 

5. Em termos de liberalização do espaço aéreo por parte das companhias low-cost, considera que foi uma mais-valia no fluxo de turistas nos Açores?

Sem qualquer dúvida, a liberalização do espaço aéreo apresentou-se como uma mais-valia no fluxo de turistas nos Açores.

Concretamente, sendo a Poça da Dona Beija uma das maiores atrações turísticas da ilha de São Miguel, com a liberalização do espaço aéreo, verifica-se que a procura pelo espaço termal tem apresentado um crescimento superior ao existente no passado, por inúmeros turistas nacionais e internacionais.

 

6. Relativamente a perspetivas futuras, quais são os projetos delineados a curto, médio prazo para a vossa empresa?

A empresa pretende divulgar ao máximo o projeto implementado, muito recentemente, de requalificação da Poça da Dona Beija, bem como continuar a trabalhar para manter uma elevada satisfação por parte dos turistas/clientes que visitam o espaço termal, proporcionando-lhes uma experiência inesquecível.

Assim, este espaço termal pode, certamente, ser considerado como um impulsor do contínuo crescimento pela procura de experiências e sensações únicas que o destino Açores oferece.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone