José Alexandre Nascimento abriu o espaço em Fevereiro de 2012 com o objetivo de comercializar produtos da região da Serra da Estrela de modo a garantir a qualidade e a satisfação dos consumidores. Depois de uma vida a trabalhar na Administração Local, José, agora aposentado, procurou encontrar uma solução de fazer qualquer coisa “Decidi abrir este negócio porque vi uma oportunidade e uma necessidade para divulgar produtos regionais da Serra da Estrela, aliando esta realidade ao facto de se prever um aumento do setor do turismo para a região”.

O negócio familiar

O pequeno e acolhedor espaço está localizado bem no centro da Vila, é aqui que se encontram os melhores produtos locais fabricados pelos produtores do concelho. A divulgação e promoção passa essencialmente por queijos, enchidos tradicionais, presunto beirão, azeite, mel, vinhos, doces e bolos, todos eles da região da Serra da Estrela. “Os produtos desta região da Serra da Estrela são de ótima qualidade e garantidamente os melhores de Portugal”, afirma orgulhosamente.

Quanto ao mercado, é essencialmente Português “É um negocio familiar e como o espaço é pequeno não há produtos aqui na zona em quantidade suficiente para se exportar. Vivemos à base do produtor tradicional, temos cerca de 20 produtores locais e é aí que vamos buscar os produtos, não optamos por produtos de grandes industrias.”

A marca, Queijo Celorico da Beira

No seguimento de mercado, determinou que a melhor maneira de crescer em época de crise foi sair de zona de conforto e reforçar o posicionamento com a nova marca, Queijo Celorico da Beira ”Uma divulgação na ligação do nome da Vila e o Queijo juntos dos consumidores”.

Esta iguaria, posteriormente registada já é uma marca nacional, adquiriu parcerias e levou a um crescimento gradual de notoriedade e desenvolvimento local “O queijo é um cartão-de-visita de Celorico da Beira, desempenha um papel de grande importância na economia local”.

 

Autenticidade inconfundível de sabor a Serra

Este produto tem a particularidade de derivar de uma privilegiada zona dos pastos verdejantes, com um clima muito específico, que confere ao produto final um aroma e paladar inconfundível, é a delicia para qualquer apreciador. É mesmo assim que descreve o queijo “É uma receita tradicional, com garantia de qualidade de 100% leite de ovelha, cardo, sal e o talento secular de o saber fazer. Quem compra mantem-se fiel ao Queijo Celorico da Beira, não tem existido reclamações. O queijo agrada pela sua qualidade”, acrescenta.

De textura e o sabor requintado é um elemento fundamental na gastronomia Portuguesa, obedecer a requisitos de qualidade de um produto 100% Português “É identificado em todos os queijos o selo «Portugal Sou Eu» permitindo ao consumidor identificar a origem de ser um produto Português.”

O proprietário admite que nem todos os produtos de excelente qualidade têm condições para aceder a novos mercados a um preço competitivo “Só é vantajoso se o consumidor reconhecer e associar a qualidade ao produto. Os queijos das grandes superfícies podem ter um preço mais em conta, mas em nada se iguala a um queijo genuíno, o paladar é diferente devido ao fabrico.”

A aposta no online

O catálogo com todos os produtos está na página da internet www.saboresdaserra.com e é possível fazer encomendas através da loja-online em todo país.

O cliente pode, assim, comprar a partir do conforto da sua casa, e em 24 horas tem os produtos disponíveis para consumo, apenas por um custo do transporte acrescido “A página tem tido muitas visitas, e os clientes de distantes compram porque preferem a qualidade, apesar acrescer os portes de envio, compensa, demora apenas um dia a receberem os produtos.”

O caso de sucesso

Aquilo que começou por ser hobbie tornou-se depressa numa atividade aliciante para José, que refere que o balanço é positivo e o volume de negócios tem crescido. “Pretendo dar a conhecer aos turistas e a todos os que passam pela terra produtos de excelência de Celorico da Beira. Estou de portas abertas, mas a afluência nestes últimos anos é cada vez menor, tem havido falta de turistas no interior do País.”

Para José, o futuro passa por continuar este negócio ainda com mais dinamismo e manter a comercialização destes produtos emblemáticos endógenos da terra. Termina deixando uma mensagem a todos: “Venham a Celorico da Beira conhecer o património histórico, a gastronomia beirã, e claro provar os produtos da Serra da Estrela do nosso espaço Sabores da Serra, provem e tirem conclusões”.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone