Vítor Fraga, Secretário Regional do Turismo e Transportes do Governo dos Açores
Vítor Fraga, Secretário Regional do Turismo e Transportes do Governo dos Açores

Em entrevista à revista Portugal em Destaque, Vítor Fraga, Secretário Regional do Turismo e Transportes do Governo dos Açores, faz-nos um balanço de 2015 destacando o turismo crescente na região, que muito se deve ao novo modelo de acessibilidades, implementado em março de 2015, um dos objetivos cumpridos pelo atual Governo.

Turismo de excelência

Na última década e meia, os Açores têm-se tornado numa referência no turismo de Natureza e isso só foi possível através da conjugação de esforços entre entidades públicas e entidades privadas, como afirma o titular da pasta do Turismo.

Ao longo destes anos foi desenvolvido um trabalho conjunto entre entidades públicas e privadas, de construção dos Açores como um verdadeiro destino turístico, o que nos permite chegar ao ponto em que estamos e em que temos grandes desafios pela frente. Os Açores já são um destino de referência”.

A nível internacional esse reconhecimento já é uma realidade e tem-se materializado através dos vários prémios que distinguem os Açores como um destino de excelência.

O arquipélago foi considerado como o destino mais sustentável da lista dos 100 destinos mais sustentáveis do mundo e a única região do mundo que ostenta o galardão de Quality Coast platina, resultado da implementação de boas políticas públicas e privadas.

Também muito trabalho tem sido feito na promoção dos Açores em determinados mercados e Vítor Fraga revela alguns números. O mercado alemão de 2012 até 2015, período em que o atual Governo está em funções, cresceu 62% na região, sendo o principal mercado externo, o mercado canadiano, 75%, o mercado americano, cresceu 92% e o mercado nacional, 27%.

“Estes números refletem bem o trabalho que tem sido feito no sentido de promover os Açores em mercados internacionais e no mercado nacional. São números significativos e de grande expressão que esperamos que cresçam ainda mais”, reitera.

A Natureza, no seu estado mais puro, é assim o principal motivo que leva milhares de pessoas a visitar a região.

“Os Açores caracterizam-se por um destino diferente, com uma natureza única e por uma matriz de natureza em que a sua mais-valia está nos aspetos diferenciadores que cada ilha tem para oferecer. O nosso objetivo é proporcionar experiências únicas para que as pessoas tenham o desejo de voltar”.

Questionado sobre se a nível da restauração e hotelaria, os empresários açorianos se encontram preparados para receber e acolher um turismo de massas, é perentório em afirmar que “o ano de 2015 é a resposta. Tudo correu pelo melhor e demos uma boa resposta a esse nível”.

Desafios atuais e futuros

Continuar a manter os Açores como um destino de qualidade para todos os que o visitam é o grande desafio bem como tornar o turismo numa crescente vantagem para o povo açoriano em vários sentidos.

Outros dos objetivos primordiais do atual Governo passa por desenvolver políticas no sentido de preservar aquilo que é mais valioso e caracterizador do arquipélago.

“Neste período há que monitorizar e tomar as medidas adequadas para manter a singularidade do destino Açores. Essas medidas passam por não deixar construir empreendimentos em determinadas áreas, pela preservação ambiental e definição de outras áreas protegidas, são alguns dos exemplos.”, finaliza.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone