Perfeitamente enquadrado na área urbana de que faz parte, o Intermarché de Nisa é gerido por um casal dedicado e atento às necessidades dos clientes. Aberto desde o ano de 1996, o Intermarché já faz parte de Nisa e das vidas da população. Produtos frescos e regionais locais são uma garantia a encontrar no interior do estabelecimento que nunca deixa de prezar pelo melhor que a terra pode oferecer.

Em entrevista à Portugal em Destaque, José Morgado, atual proprietário do estabelecimento, fala-nos das ofertas disponíveis, das dificuldades sentidas nesta área e ainda de perspetivas futuras.

Na vila portuguesa do distrito de Portalegre, na região do Alto Alentejo, encontra-se uma das lojas do grupo de distribuição francês, Os Mosqueteiros. O Intermarché de Nisa serve os habitantes da vila, apresentando sempre os melhores e mais baratos produtos, sempre garantindo os sabores regionais.

Fechado apenas dois dias por ano (25 dezembro e 1 de janeiro), o supermercado de Nisa providencia ao cliente um serviço atempado e personalizado, com profissionais simpáticos, competentes e conhecedores que estão sempre à disposição daqueles que visitam o supermercado, num total de 30 colaboradores capazes de realizar todas as tarefas pelas quais são responsáveis, e que tornam o espaço no lugar familiar onde o cliente é tratado pelo nome próprio. “A fidelização do cliente é o resultado de um trabalho de proximidade, vindo de colaboradores que conhecem bem as pessoas e a região e que estão atentas ao pormenor. São eles, com a sua simpatia e familiaridade, que fazem o cliente sentir-se em casa, como se esta casa fosse ‘uma grande mercearia’”.

José Carlos Morgado, arquiteto de formação, e Rute Serrano, longa conhecedora do grupo e das lides de uma grande superfície, tendo sido colaboradora de loja durante anos, arriscaram no projeto, enquanto gestores da loja de Nisa, em novembro do ano passado. A este empreendimento, José Morgado chama “acaso positivo”.

Quando questionado sobre o porquê da escolha de Nisa, José Morgado responde: “uma população acolhedora, um ambiente seguro e dinâmico, tem todas as condições para o crescimento de uma família, é o lugar ideal!”.

Considerando o historial considerável do estabelecimento de Nisa, os atuais proprietários não deixam de desejar o incremento de um ‘cunho pessoal’ no que diz respeito à gestão. Uma postura que implica a instauração de uma dinâmica criativa e inovadora, que celebra a essência da terra e dos habitantes. Do concelho vem a carne, o queijo, ervas aromáticas, fruta, mel, pão, grande parte da charcutaria, os famosos queijos, entre outros. A valorização dos produtos regionais e o reconhecimento e importância dados às exigências e preferências dos clientes são fatores que transformam este espaço num espaço único, que procura responder a cada uma das necessidades dos clientes e amigos.

Apesar da precocidade do projeto que decidiram abraçar, José Morgado afirma que “tem sido uma aprendizagem constante, estamos felizes com a aposta” e acrescenta “o objetivo é continuar a realizar um bom trabalho, adaptando e evoluindo, sempre dentro do rigor e excelência a que o Intermarché já nos acostumou”.

Partilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone