Descubra esta terra de encanto

Paulo Langrouva - Presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo
Paulo Langrouva, Presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo

O concelho de Figueira de Castelo Rodrigo presenteia quem o vista com uma das mais belas e marcantes Aldeias Históricas de Portugal, hoje também galardoada com a distinção de uma das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeia Autêntica. Para melhor conhecermos este território e o que tem para oferecer, estivemos à conversa com Paulo Langrouva, presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo.

Assume os destinos da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo desde 2013. Quais as áreas alvo de especial atenção por parte do executivo durante este triénio?

A área social foi uma das nossas prioridades. Criámos o Seguro de Saúde Municipal, único no país, que permite aos munícipes ter acesso a consultas gratuitas de diversas especialidades. Asseguramos o transporte gratuito no concelho, através do serviço da Cegonha Móbil, bem como serviços de assistência a idosos isolados, em caso de perigo ou necessidade. Ainda de destacar a Academia Sénior, projeto social com diversas atividades educativas para maiores de 50 anos. Quanto à vertente empresarial, implementámos uma Incubadora de Indústrias que permite às empresas o arrendamento de espaços a baixo custo. Desenvolvemos uma Linha de Apoio aos agricultores, através de uma concessão de apoio financeiro para a aquisição de alfaias agrícolas, plantação de árvores autóctones, entre outros. Apostámos na Educação, com a implementação da Plataforma da Ciência Aberta, projeto inovador que, através da ciência, tecnologia e inovação, responde às reais necessidades das comunidades locais e regionais.

Quais os projetos em vista para o concelho de Figueira de Castelo Rodrigo ainda este mandato?

Estamos na fase de conclusão do Centro de Interpretação da Batalha de Castelo Rodrigo, edifício que será a memória viva da Batalha da Salgadela. Estamos também prestes a concluir o Centro de Imagiologia e de Fisioterapia Geriátrica, que vai permitir à população beneficiar de serviços inexistentes, até então, no concelho, e o Centro de Dia como resposta social à comunidade mais vulnerável. Estes projetos são fundamentais para dar seguimento ao trabalho de desenvolvimento de Figueira de Castelo Rodrigo e do interior do país, em prol da nossa população.

Falar de Figueira de Castelo Rodrigo é falar de um concelho com uma beleza paisagística e arquitetónica incomparáveis. O que esta ‘Terra de Encanto’ tem para oferecer a quem a visite?

Não foi por acaso que a Aldeia de Castelo Rodrigo conquistou o galardão de uma das 7 Maravilhas de Portugal enquanto Aldeia Autêntica. O nosso concelho é rico em património, história e cultura. De destacar o monumento nacional “Torre das Águias” ou o Real Mosteiro de Santa Maria de Aguiar, edificado no século XII e ponto de referência da Ordem de Cister. A Igreja Matriz de Escalhão e o Padrão de Pedro Jacques de Magalhães, são alguns exemplos da beleza cultural e monumental deste território. Quanto ao património natural e paisagístico, de realçar o lugar de Barca d’Alva, a imponente Serra da Marofa, a reserva privada da Faia Brava e a beleza incontornável das Amendoeiras em Flor.  Relativamente ao património cultural, é de destacar a Recriação Histórica da Batalha de Castelo Rodrigo (“Salgadela – a Batalha”). A verdade é que quem nos visita não nos esquece.

Os municípios portugueses mantiveram-se na linha da frente no combate à atual pandemia. Quais as ações desenvolvidas pela autarquia de Figueira de Castelo Rodrigo nesse sentido?

O Município de Figueira de Castelo Rodrigo adotou, desde o primeiro minuto, medidas para atenuar o impacto e para minorar as consequências económico-financeiras desta pandemia. A intervenção permanente da Proteção Civil Municipal e do Gabinete de Ação Social do Município foi essencial no apoio às famílias, através da entrega de bens alimentares, de medicamentos e fichas de trabalhos aos estudantes em confinamento. A ação do município tem-se mostrado determinante e essencial no apoio direto às famílias. De abril a junho, todos os munícipes foram isentos do pagamento de taxas, licenças e rendas empresariais. No que respeita aos consumos de água, dependendo do escalão, isentou-se ou reduziu-se em 50% os valores faturados. Criámos o “Gabinete de Apoio Empresarial”, com a missão de responder às dúvidas das empresas/agentes económicos sediadas no concelho face às medidas de apoio implementadas pelo Governo. Prevê-se um investimento de cerca de 400 mil euros em apoios financeiros às empresas do concelho que se encontraram impedidas e/ou limitadas de exercer atividade comercial e que apresentaram uma redução de 50% no valor de faturação, face ao período homólogo. Disponibilizámos um apoio extraordinário às Instituições Particulares de Solidariedade Social, que lhes permitiu a aquisição de equipamentos de proteção individual.

O ‘novo normal’ trará grandes desafios e uma nova realidade a que todos teremos de nos adaptar. Que mensagem gostaria de deixar aos Figueirenses?

Neste período incontornável, de dificuldade e incerteza para muitas famílias e empresas, deixo a minha solidariedade e apreço pela persistência e abnegação na forma como têm enfrentado a situação pandémica. Tudo faremos para minorar as consequências e apoiar os Figueirenses, de forma a podermos encarar o futuro com esperança. Juntos, vamos ultrapassar a maior crise económica e humanitária do último século.

Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo - logo
cm-fcr.pt