A Fênix Ambiente foi fundada com uma única missão: ser a agência de consultoria com os projetos mais inovadores e impactantes para o ambiente. Hoje, afigura-se o parceiro ideal no desenvolvimento de estratégias personalizadas e únicas, oferecendo sempre a vertente inovadora e de alta qualidade para o ambiente, como refere em entrevista Liliana Magalhães, diretora comercial.

Liliana Magalhães, diretora comercial da Fênix Ambiente
Liliana Magalhães, diretora comercial da Fênix Ambiente

A Fênix Ambiente é uma empresa focada na obtenção de soluções diferenciadoras no setor dos resíduos. Que serviços prestam na prática?

A Fênix Ambiente nasce com uma experiência acumulada de mais e 20 anos no setor dos resíduos. Ao longo das últimas décadas o setor dos resíduos tem sofrido enormes desenvolvimentos em termos normativos com ambiciosos objetivos que, naturalmente, trouxeram consigo novos desafios para quem procura dotar o setor de soluções inovadoras, mas também eficazes. É neste equilíbrio que a Fênix Ambiente pretende estar, na procura de soluções diferenciadoras e que tragam ao setor aquilo que o setor precisa, apostando mesmo em soluções disruptivas com o status quo. Deste modo envolvemo-nos nos projetos desde a ideia mais remota, passando pela conceção, produção, implementação e acompanhamento. Sentimos o setor dos resíduos como uma grande parte de nós e, como tal, não poderíamos estar no mercado de outra forma que não fosse completamente envolvidos e comprometidos com os nossos clientes e parceiros e com os nossos produtos e serviços.

Hoje a Fênix Ambiente é uma empresa com um foco muito especial em soluções para a valorização de biorresíduos – o desafio da próxima década. A aposta na valorização de biorresíduos na origem, ou a sua compostagem descentralizada é uma solução técnica muito experimentada e com provas dadas de que é uma solução para o futuro. Assim, estamos capacitados para apoiar qualquer município na definição de solução para compostagem doméstica, compostagem comunitária e compostagem descentralizada oferecendo soluções técnicas e tecnológicas de diferentes gamas.

Os biorresíduos podem ser tratados localmente, sem necessidade de os transportar para os aterros ou centrais de valorização orgânica. Faz parte do papel da Fênix Ambiente consciencializar os seus clientes das vantagens destes processos?

O nosso objetivo é alargar horizontes e conseguir demonstrar em termos práticos que existem várias soluções para a valorização de biorresíduos. Se podermos valorizar na origem os biorresíduos para quê transportá-los ao longo de dezenas de quilómetros para depois termos um modo de tratamento que, tipicamente, também ele é dispendioso na sua exploração? Simplesmente queremos tornar os modelos complexos, e normalmente pesados financeiramente, em algo simples e de aplicação direta, com baixo investimento e baixo custo de exploração.

O Biocompostor Big Hanna, o Compostor Doméstico e o Compostor Comunitário, sãosoluções autónomas e fabricadas com material 100% reciclado. Apresente-nos estes projetos.

No caso dos compostores domésticos possuímos uma vasta gama volumétrica sendo todas as soluções fabricadas em plástico reciclado. O nosso compostor comunitário resultou de um processo de inovação e de diversas experiências acumuladas que nos permitiu hoje ter um produto modular inteiramente fabricado em plástico reciclado. É uma solução simples, e que em 15 minutos se monta e está pronto a funcionar.

O nosso Biocompostor BigHanna trata-se de uma solução para tratamento descentralizado de biorresíduos, sendo a nossa aposta tecnologicamente mais evoluída. Com este equipamento conseguimos tratar mais quantidades de resíduos num único local, com baixo custo de exploração. É um equipamento que nos permite uma monitorização remota, promove um revolvimento automático programável, possui sondas de temperatura e humidade e um sistema de ensacamento automático.

Com o país obrigado a constituir, até 2023, uma rede de recolha dedicada para os biorresíduos, que plano está a Fênix Ambiente a delinear para responder a essa meta?

Na Fênix Ambiente trabalhamos em rede com os nossos parceiros tecnológicos, fabricantes, e em especial com, e para, os nossos clientes que são o nosso principal parceiro. Desta forma, o nosso plano é tão simplesmente trazer soluções disruptivas para a compostagem na origem ou descentralizada, e incentivar os nossos municípios a experimentarem e comprovarem a realidade que é já vivida um pouco por toda a Europa – acreditamos cada vez mais que este é o (nosso) caminho.

tratamento biorresíduos - Fênix Ambiente
Tratamento biorresíduos – Fênix Ambiente