São Jacinto, parte integrante do Município de Aveiro, é um destino a descobrir. António Augusto Aguiar, Presidente da Junta de Freguesia de São Jacinto, apresenta a freguesia banhada pela ria de Aveiro, com uma praia de areais invejáveis e uma reserva natural ímpar.

JF São Jacinto
São Jacinto, Aveiro

A terminar o último ano deste mandato, quais foram as áreas alvo de especial atenção durante este quadriénio?

A área que mais suscitou a nossa atenção, foi a da ação social. Criámos um Espaço Social com gabinete de apoio à população incluindo uma assistente social e uma psicóloga. Conseguimos uma nutricionista quinzenalmente. Celebrámos um protocolo com o Gabinete de Fisioterapia da Universidade de Aveiro com a finalidade de duas vezes por semana, terem fisioterapia de grupo. Com o apoio de algumas empresas privadas e também com o apoio do Exército, conseguimos o fornecimento de alimentos para entregar a famílias mais carenciadas.

Certamente tem novos projetos iniciados. Refira-nos alguns.

Este ano pretendemos trabalhar na promoção turística da freguesia com vista a atrair mais turistas nacionais e internacionais. Temos muitos projetos em andamento em prol do bem-estar da população e da promoção da sua qualidade de vida. O Parque de Campismo foi alvo de obras de manutenção e, dado o aumento da procura, teremos de projetar uma solução para responder a esse aumento. Estamos a colaborar com a Câmara Municipal de Aveiro na preparação do início da época balnear, com tudo o que isso implica.

No âmbito da Delegação de Competências da Camara Municipal com a Junta de Freguesia, vai ser construída a Capela Mortuária e iniciámos a execução do Parque de merendas e circuito de manutenção. Uma mais valia para a população de São Jacinto e não só, será a vinda do ferryboat elétrico, e a construção da ciclovia que liga São Jacinto à Praia da Torreira, projetos da responsabilidade da Câmara Municipal de Aveiro.

António Augusto Aguiar, Presidente da Junta de Freguesia de São Jacinto

A praia de São Jacinto é uma das mais famosas praias do litoral português. Para além disso, a ria e a floresta são também alguns dos principais ativos e atrativos naturais do local. Que roteiro não pode faltar numa visita a São Jacinto, para viver uma experiência inesquecível?

São Jacinto tem duas formas de entrada: por estrada, ou pela Ria de Aveiro através do ferryboat. Sugiro a visita ao (museu) Espaço Memória Militar e às instalações circundantes; à Reserva Natural das Dunas de São Jacinto; ao Centro de Visitação e seus trilhos; Igreja das Senhora das Areias (há conhecimento histórico que a ermida já existia no século XV) e a marginal com vista para a ria. Finalmente, uma visita ao nosso ex-líbris, a praia, conhecida pelo seu extenso areal e limpeza das areias.

A não perder a oferta gastronómica dos nossos restaurantes, com especial enfoque no peixe e marisco de excelente qualidade. Outro convite irrecusável será permanecer em qualquer uma das esplanadas calmas e apetecíveis viradas para a Ria, usufruindo de toda uma paisagem paradisíaca.

Seja pelo património e recursos naturais, seja pela cultura e tradição, motivos não faltam para rumar até São Jacinto e desfrutar de momentos inesquecíveis. Que convite gostaria de deixar aos nossos leitores?

Estou, desde o primeiro dia em que assumi este cargo, a trabalhar para as pessoas e pelas pessoas. Podem contar comigo em tudo desde que seja para melhorar. Está a ser um mandato muito gratificante e é um orgulho poder servir as pessoas.

Gostava de convidar os turistas a visitarem São Jacinto. Temos ofertas de qualidade seja em alojamento ou no Parque de Campismo de São Jacinto, que é muito procurado. Venham de ferryboat; de carro; de bicicleta ou a pé, mas não percam a oportunidade única de poderem usufruir da qualidade ambiental de forma saudável e serena que São Jacinto oferece.

Edifício da Freguesia de São Jacinto
Edifício da Freguesia de São Jacinto