Ser líder reconhecida na produção de variedades de fruta com origem no Algarve é um dos principais objetivos da Luís Sabbo – Frutas do Algarve, que aposta na produção e comercialização de variedades raras e precoces. Luís Sabbo, sócio-gerente e responsável técnico da empresa, em conversa com a nossa revista recordou a génese do negócio familiar e revelou alguns dos segredos para o sucesso que a empresa vem alcançando no mercado algarvio e nacional, ao longo dos anos.

Luís Sabbo, sócio-gerente - Luís Sabbo Frutas do Algarve
Luís Sabbo, sócio-gerente da Luís Sabbo Frutas do Algarve

A Luís Sabbo – Frutas do Algarve é uma referência na fruticultura algarvia e nacional. O projeto que teve início com uma exploração de prunóideas, rapidamente se foi adaptando às necessidades do mercado e alargando o seu leque de produtos. Fale-nos um pouco mais deste projeto e de que forma foi traçando o seu percurso e conquistando uma posição de destaque na produção nacional.

A empresa surgiu na década de 80 pelas mãos do meu pai, com a aposta na produção de prunóideas, pêssegos, nectarinas e damâscos. Mais tarde, já na década de 90, e tendo em conta as dificuldades que estas culturas começaram a ter, o meu pai foi procurando alternativas, tendo iniciado nessa década a cultura do dióspiro. Desde então, o dióspiro tem sido a nossa cultura principal, a que mais produzimos, e aquela em que mais conhecimento e experiência temos. Acredito que é graças a esta capacidade que temos de produzir um produto diferente, que a Luís Sabbo assume hoje uma posição de destaque na produção nacional. Para além de apostarmos nesta cultura que ainda é pouco produzida no nosso país, trabalhamos diariamente para melhorar a nossa qualidade de produção, como comprovam todas as certificações alcançadas pela Luís Sabbo. Acima de tudo, primamos pela honestidade e pela confiança que transmitimos a todos os nossos clientes.

Luís Sabbo - Frutas do Algarve - campo
Luís Sabbo – Frutas do Algarve

Da produção destaca-se o dióspiro, em que a Luís Sabbo é pioneira no Algarve. Num mercado dominado pelos citrinos, o que levou a empresa a apostar na cultura e comercialização desta e outras variedades e o que, atualmente, representam no total de produção da empresa?

A nossa ideia tem sido sempre apostar em culturas que estão pouco exploradas na região. A Luís Sabbo teve a ousadia e a coragem de experimentar o cultivo do dióspiro e a verdade é que o resultado não podia ter sido melhor. Para além do dióspiro, produzimos e comercializamos vários outros produtos, como figo, abacate, abóbora, romã, entre outros. Esta variedade de produtos permite-nos alcançar um dos nossos principais objetivos: garantir trabalho à nossa equipa, ao longo de todo o ano. As nossas produções estão distribuídas de forma a que consigamos ter produção, particamente, o ano inteiro. Para nós, é fundamental conseguir dar trabalho à nossa equipa de colaboradores durante os 12 meses do ano e só apostando nesta distribuição conseguimos atingir esse compromisso. Atualmente, cerca de 90% do nosso volume de vendas é para o mercado nacional, com quem gosto muito de trabalhar e com quem tenho aprendido muito. No futuro, gostava de aumentar a distribuição em território nacional, e embora a exportação também seja importante, neste momento, não é principal caminho que queremos seguir.

A qualidade inquestionável do produto produzido e comercializado ditou o sucesso da Luís Sabbo – Frutas do Algarve que conta já com várias certificações que atestam e comprovam a qualidade das variedades produzidas. Quais têm sido os valores que têm guiado a empresa ao longo dos anos e o que pretende alcançar num futuro próximo?

Todas as certificações que alcançámos são, de facto, muito satisfatórias. Mas, acima de tudo, são também um estímulo para a empresa, que nos leva a procurar estar sempre atualizados e em constante evolução.  Para o futuro, gostaria, acima de tudo,  que as pessoas começassem a valorizar mais a produção e os produtos frescos e que, no momento de compra, tivessem preferência pelos produtos nacionais, (re)conhecidos pela sua qualidade. Para além disso, iremos continuar a apostar na qualidade dos produtos produzidos e comercializados, de forma a satisfazer sempre, da melhor forma possível, todos os nossos clientes e parceiros.

Luís Sabbo - Frutas do Algarve
Luís Sabbo – Frutas do Algarve