O novo supermercado da cidade do Porto, na Rua de Diogo Botelho, possibilitou a criação de cerca de 65 postos de trabalho.

Representantes da Câmara Municipal do Porto, da Junta de Freguesia de Lordelo do Ouro e da Mercadona - Portugal em Destaque
Representantes da Câmara Municipal do Porto, da Junta de Freguesia de Lordelo do Ouro e da Mercadona

A Mercadona abre hoje o novo supermercado na cidade do Porto. Este supermercado tem uma área de vendas de 1.900 m2 dispondo das secções de talho, charcutaria, peixaria, pastelaria e padaria, perfumaria, frutas e legumes e pronto a comer, com 41 pratos diferentes. Todas estas opções são servidas em embalagens fabricadas com materiais naturais, como a cana de açúcar (material compostável), cartão ou papel. O espaço foi concebido segundo o modelo de Loja Eficiente da Mercadona com corredores amplos e confortáveis, dispõe de uma entrada de vidro duplo que evita correntes de ar, lineares específicos de leite fresco e sumos refrigerados, mural de sushi, charcutaria com presunto cortado à faca e embalado no momento, e uma máquina de sumo de laranja espremido na hora. A loja dispõe de 240 lugares de estacionamento e contará também com 10 lugares destinados ao carregamento de veículos elétricos, indo ao encontro do compromisso da empresa para com a mobilidade elétrica.

“É para nós motivo de grande orgulho abrir o terceiro supermercado na cidade do Porto, reforçando a nossa presença nesta que é uma das zonas mais antigas da cidade. Esta é a 22ª loja da Mercadona a abrir em Portugal, onde os nossos “Chefes”, além de poderem contar com a oferta de um sortido diferenciado, com produtos de grande qualidade a preços imbatíveis, vão também encontrar um espaço amplo e confortável no qual poderão fazer as suas compras de forma cómoda e segura”, pode ler-se em comunicado.

Mercadona Diogo Botelho, Porto - Portugal em Destaque
Mercadona Diogo Botelho, Porto

Este supermercado tem já implementado o conceito de Loja 6.25, inserido na Estratégia 6.25 da empresa, que tem o triplo objetivo de, até 2025, reduzir 25% do plástico, tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico gerados nas suas instalações.

No âmbito da Política de Responsabilidade Social da empresa, este novo supermercado doará também, desde o primeiro dia, bens de primeira necessidade à Obra Diocesana de Promoção Social do Porto, instituição de solidariedade social local com mais de 55 anos de existência, com o qual assinou um protocolo de colaboração, ajudando um total de duas mil pessoas em situação de carência económica extrema. Esta colaboração será diária, de segunda a sexta-feira, e consiste na doação de bens de primeira necessidade para ajudar quem mais precisa.

Logo Mercadona - Portugal em Destaque