Mercadona aposta na economia circular com a nova garrafa de sumo recém-espremido reciclável e elaborada com 100% de plástico reciclado. Com este movimento, a empresa deixa de utilizar 700 toneladas de plástico virgem por ano, fomentando assim a economia circular e diminuindo o impacto ambiental.

Mercadona reforça aposta na economia circular
Infografia da estrategia

Fiel ao seu compromisso de dizer “Sim a continuar a cuidar do planeta”, a Mercadona está a desenvolver diferentes ações que formam a sua “Estratégia 6.25” para a redução de plástico nas suas embalagens e a gestão adequada dos resíduos de plástico que se geram nas lojas. Desta forma, a Mercadona introduziu em todas as lojas da cadeia uma nova garrafa feita 100% com plástico reciclado, de forma a que a empresa deixe de utilizar 700 toneladas de plástico virgem por ano, promovendo, desta forma, a economia circular e reduzindo o impacto ambiental. As novas garrafas estão disponíveis em três formatos (1L, 500 ml e 250 ml) e têm um pictograma que indica o contentor no qual as garrafas devem ser depositadas para reciclagem, neste caso, o amarelo, para embalagens.

Mercadona reforça aposta na economia circular
Garrafas de sumo feitas de material reciclado

A empresa já havia indicado que planeia investir mais de 140 milhões de euros na “Estratégia 6.25”, um passo em frente no seu compromisso de continuar a cuidar do planeta. Reduzir em 25% o plástico, tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico gerados nas suas instalações são os três objetivos da retalhista, até 2025. Uma estratégia que está a ser implementada, através de seis ações que envolvem mudanças em diferentes processos da empresa, desde redesenhar as embalagens do futuro em coordenação com os fornecedores, a adaptação das lojas e logística, a gestão de resíduos. Vale ainda relembrar que, no passado mês de janeiro, foi alcançado o primeiro marco da estratégia: eliminar os sacos de plástico de uso único em todas as secções das suas lojas. “Agora, a empresa oferece aos seus “Chefes” sacos compostáveis, feitos de fécula de batata, que devem ser depositados no contentor de lixo orgânico. Esta informação está indicada através do pictograma incluído nos sacos, com a intenção de informar os clientes de como fazer a separação e reciclagem adequada dos seus resíduos. Este símbolo foi também incorporado nos restantes sacos na linha de caixas, onde a Mercadona dispõe de três opções de sacos reutilizáveis e sustentáveis”, pode ler-se em comunicado. O cumprimento desta primeira ação da Estratégia 6.25 representa uma redução de 3.200 toneladas de plástico por ano.