Focalizado na saúde e bem-estar da mulher, a Procare Health foi recentemente distinguida com o prémio “Laboratório Mais Comprometido com a Saúde da Mulher”. Em entrevista, Miguel Coelho, Country Manager da Procare Health Portugal, reconheceu a importância desta distinção e reforçou o principal propósito do projeto: encontrar “respostas para a mulher de hoje”.

Dr. Miguel Coelho
Dr. Miguel Coelho

A Procare Health Portugal assume-se como uma marca focada na saúde e no bem-estar da mulher, apostando no desenvolvimento de produtos que constituem opções terapêuticas relevantes na saúde feminina. Quais são, atualmente, as principais áreas de investigação da Procare Health?

Enquanto especialistas na saúde da mulher, os nossos produtos têm em comum o facto de terem uma base natural ou de síntese não química e de serem totalmente isentos de hormonas, desenvolvidos para o tratamento de diversas patologias na saúde feminina. Atualmente, o nosso portefólio dispõe de soluções terapêuticas nas áreas de Gine-Oncologia, Menopausa, Vulvovaginites e Hidratação e Disfunção Sexual Feminina.

Ao longo do tempo, a Procare Health tem vindo a identificar necessidades latentes de formular, investigar, desenvolver, produzir e de lançar uma gama de produtos inovadores. Quais as mudanças mais impactantes que, nos últimos anos, ocorreram no universo feminino, no que à saúde diz respeito?

A questão que me coloca é pertinente e permite-me falar sobre a mulher, sendo que um dos nossos propósitos é o de encontrar ‘respostas para a mulher de hoje’. Depois de um percurso que trilhou para singrar num mundo muito controlado pelos homens, é hoje inquestionável o lugar que a mulher ocupa na sociedade, nas organizações, mas também nas famílias, por mérito próprio. No que diz respeito à saúde feminina e à forma como é encarada, existe um maior pragmatismo. Quando existem sinais ou sintomas de que algo não está bem, a mulher procura soluções que sejam eficazes.  Mas, nem tudo é perfeito e existem áreas onde ainda há um longo caminho a percorrer, como por exemplo a disfunção sexual feminina, que continua um pouco escondida e que é um assunto sério que pode, e deve, ser tratado seriamente.

A Procare Health foi distinguida com o prémio “Laboratório Mais Comprometido Com a Saúde da Mulher”, na 5.ª edição da iniciativa “Objetivo Bienestar”. Gostaria de escutar a sua reação a este reconhecimento e o que distanciou a Procare Health.

O racional dos nossos processos de investigação decorre da necessidade que identificamos na saúde e bem-estar da mulher, que bem conhecemos. Lançamos produtos em áreas onde encontramos lacunas terapêuticas, ou onde percebemos que poderemos oferecer soluções mais eficazes. Este prémio foi encarado por todos como mais um reconhecimento e como uma garantia de que estamos a fazer bem o que nos propusemos construir: uma empresa que se focaliza nas pessoas, desenvolvendo e melhorando continuamente os seus processos e os seus projetos para fazer mais e melhor em tantos países quanto possível. Honram-nos os prémios, mas eles representam sobretudo o combustível que alimenta a energia positiva, que está presente em cada um de nós.

Tendo sempre como mote a inovação e o desenvolvimento de produtos focados na saúde e bem-estar da mulher, o que podemos esperar da Procare Health Portugal para 2021? No futuro, teremos, a breve trecho, novidades ao nível da fertilidade e iremos reforçar o investimento na Ginecologia Oncológica, quer em relação ao desenvolvimento clínico na área do HPV, quer em novas formas de combater o cancro, tendo para tal vindo a construir parcerias estratégicas. O nosso pipeline inclui diversos produtos que, estamos seguros, serão no futuro soluções para problemas de saúde onde existe espaço para inovar e para melhorar as terapêuticas existentes. Não impomos limites para o que fazemos, garantindo sempre que o fazemos bem.