Inês Couto é o rosto por detrás da agência RE/MAX Happy. Com mais de uma década de experiência a atuar no mercado imobiliário, a nossa entrevistada relembra a importância da escolha de uma equipa coesa, dedicada e profissional, capaz de fazer a diferença perante o cliente. Fique a conhecer nesta edição um pouco melhor a líder e profissional que vem conquistando o mercado imobiliário lisboeta.

Inês Couto, Broker da Remax Happy
Inês Couto, Broker da Remax Happy

A Inês conta com mais de uma década de experiência a atuar no mercado imobiliário. Como descreveria o perfil ideal de um consultor imobiliário de sucesso?

Em primeiro lugar, acredito que seja alguém happy. O mercado atual valoriza pessoas muito verdadeiras, que exerçam esta atividade com paixão. A energia não mente e os clientes são pessoas que sentem o mesmo que todos nós sentimos quando estamos a usufruir de um serviço.

Ao contrário do que antigamente existia, a nova geração de consultores imobiliários não necessita de ser muito extrovertida, muito faladora ou com uma resposta sempre pronta na língua. Atualmente, um consultor imobiliário deve ter uma grande capacidade de escuta ativa. Deve ser um “diagnosticador” de necessidades. Deve dominar a arte de fazer perguntas. Só depois de conseguirmos criar empatia, conseguimos vender o que quer que seja.

Um consultor imobiliário é, hoje, um especialista em marketing, sabe analisar o mercado e encontrar o nicho de mercado que irá comprar determinado imóvel e sabe como comunicar com estes nichos.  É um empresário com visão a longo prazo, que percebe que a reputação é o seu bem mais precioso e que o fará ficar no ramo durante muitos anos e, assim, cumpre o código de ética escrupulosamente.

As mulheres assumem, cada vez mais, um papel preponderante na sociedade. Nas empresas, a realidade não é diferente. A RE/MAX Happy é hoje um distinto exemplo de empreendedorismo e liderança feminina. Quais são, na sua opinião, os principais aspetos diferenciadores da liderança feminina e quais os principais desafios que as mulheres empreendedoras continuam a enfrentar em Portugal?

Penso que a capacidade de trabalho das mulheres se destaca no mundo empresarial e, por isso, nos últimos anos, temos ganho tanto terreno nesta área.

As mulheres lideram pelo exemplo, pelo carisma, pelo compromisso que têm com elas próprias. Na liderança não basta parecer, tem que se ser. Quantos aos desafios, acredito que estes estejam mais dentro de nós do que no mundo exterior. As críticas e julgamentos só nos afetam se deixarmos. Se tivermos a coragem de colocar as pessoas no seu devido lugar, chegamos onde queremos.

Lembro-me de ter perdido uma oportunidade de emprego por um tema deste género. Hoje, só posso agradecer essa oportunidade não ter acontecido.

Equipa Remax Happy
Equipa Remax Happy

Estima-se que em Portugal, cerca de 35 por cento dos novos negócios são fundados e liderados por mulheres. Que conselho gostaria de deixar a todas as mulheres que desejem arriscar, abraçar novos desafios e lançar-se no mercado de trabalho?

Que apostem tudo o que puderem na sua formação, independentemente do negócio que venham a ter, a formação fica sempre em nós. Nunca pode ser considerado caro o investimento feito em formação. Este será, a longo prazo, o maior aliado de um empresário: adquirir experiência através de um coach, por exemplo, antecipar muitos erros e tomar decisões fundamentadas em fatos o mais realistas possíveis.

As empresas muitas vezes nascem do amor que temos a uma atividade, no entanto, devemos ter em mente que as empresas são feitas para dar lucro, para proporcionar melhores condições de vida aos nossos colaboradores e para deixar uma marca positiva no mercado onde operamos. É este o tipo de apoio que dou aos meus consultores imobiliários: terem acesso a uma rede que lhes dá o apoio, a formação e as ferramentas certas para que o sucesso seja alcançado e mantido ao longo do tempo.

O mercado imobiliário é um dos mais competitivos. A credibilidade e eficiência são, cada vez mais, fatores essenciais para marcar a diferença perante o cliente. Por que razão a RE/MAX Happy é a escolha acertada no momento de comprar, vender ou arrendar casa?

Temos como missão dotar os nossos agentes de formação e experiência necessárias para que eles se tornem profissionais de topo.  Os nossos agentes imobiliários preparam um estudo comparativo de mercado que ajuda os proprietários a perceberem, facilmente, o valor das suas casas. O plano de divulgação que é definido para cada imóvel permite-nos vender as nossas angariações em menos de metade dos dias da média. A maior garantia que um proprietário, comprador ou arrendatário, pode ter ao trabalhar connosco é que se o negócio que o cliente pretender fazer não for o melhor para ele, nós vamos informá-lo disso.

Inês Couto, Broker da Remax Happy
Inês Couto, Broker da Remax Happy

Em Portugal, a RE/MAX tem vindo a ser reconhecida e premiada anualmente por várias entidades e é ainda líder em número de transações, agências e agentes associados. Um dos principais segredos para o sucesso alcançado é a equipa de profissionais de excelência. Como caracteriza a equipa de profissionais da RE/MAX Happy?

O recrutamento na RE/MAX Happy é feito de forma criteriosa. Procuramos agentes que partilhem os nossos valores: dizer sempre a verdade, respeitar os outros, que queiram contribuir para a profissionalização do mercado imobiliário, que sejam comprometidos com os seus sonhos, que sejam responsáveis, gratos e felizes. Assim sendo, com esta cultura de empresa fomos distinguidos recentemente com o primeiro lugar no Programa de Qualidade 360º da RE/MAX Portugal, (no mercado onde operamos) prémio esse que distingue as agências que melhores performances tiveram no “Serviço de Excelência ao Cliente”.

São analisadas diversas categorias, como os Compromissos de Qualidade, Inquéritos de Satisfação, Estudos e Auditorias, o Desempenho da Agência, Reclamações Internas, Clientes Mistério e também as Normas Gráficas.

A Covid-19 trouxe consigo inúmeras mudanças e foram várias as áreas que sofreram o impacto provocado pela pandemia. Tal foi sentido na RE/MAX Happy?

A Covid-19 trouxe-nos várias lições importantes.  A primeira foi que uma equipa sólida abana, mas não quebra. Sentimos que o mercado se retraiu nos confinamentos, do lado do proprietário, ou seja, alguns proprietários retiraram os seus imóveis de venda, o que fez com que, quando desconfinámos, o valor dos imóveis subiu, uma vez que a oferta diminuiu, pois nem todos voltaram a colocar os seus imóveis à venda.

Do lado dos clientes compradores, não sentimos abrandamento, nem desistências, nem adiamentos de decisão. Os portugueses continuam a gostar do fato de serem proprietários e não arrendatários, sendo que o preço baixo do dinheiro num empréstimo bancário atualmente só alavanca esta decisão. Mas acredito que este fato é muito circunscrito ao mercado onde operamos e não a nível nacional.

Inês Couto, Broker da Remax Happy
Inês Couto, Broker da Remax Happy

Tendo como base fundamental uma conduta profissional baseada num rígido código de ética, a RE/MAX Happy vem traçando um percurso de sucesso no mercado imobiliário nacional. O que podemos esperar desta agência no futuro?

Podem contar com uma agência sempre atenta ao mercado, às suas mudanças e às necessidades dos nossos clientes. Queremos ser reconhecidos como a melhor agência imobiliária pelas boas práticas e manter este reconhecimento dia após dia.

Continuaremos a investir muito em formação, em mais e melhores ferramentas de divulgação dos imóveis dos nossos clientes e, acima de tudo, em ter uma equipa profissional ao dispor dos nossos clientes.

Queremos que a experiência de trabalhar connosco fique eternamente na memória de quem nos procura.

Remax Happy logo